Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/13459

TitleInteligência social em alunos do 8º ano : implicações para o questionamento ético dos projectos de vida
Other titlesSocial intelligence of 8th grade students : implications for ethical questioning of life projects
Author(s)Carvalho, Viviana Maria Costa
Advisor(s)Taveira, Maria do Céu
Issue date2011
Abstract(s)A inteligência social tem vindo a ser associada ao sucesso escolar, profissional e social (Almeida, 1998; Gardner, 1999; Goleman, 2006; Stenberg & Gricorenko, 2003), parecendo adequar-se às mudanças sociais e culturais em torno da educação, do emprego ou do desempenho, em termos mais latos (Candeias, 2008). Os jovens, na adolescência, procuram integrar critérios ideológicos, sociais, morais e políticos na construção de um projecto de vida. Este questionamento ético envolve pensar sobre as consequências das escolhas para os outros e para a humanidade, requerendo competências sociocognitivas (Guichard, 1991). Partindo destes pressupostos, o estudo apresentado tem como objectivos principais caracterizar a inteligência social, enquanto habilidade de resolução de problemas sociais (Candeias, 2007), em alunos do 8º ano de escolaridade, bem como testar possíveis diferenças nos resultados em função das variáveis sexo e idade. A amostra é composta por 227 alunos [110 (51,3%) raparigas e 117(48,7%) rapazes, com idades compreendidas entre os 12 e os 15 anos (M=13; DP=0,567)], que frequentavam duas escolas públicas das Zonas Norte e Centro do País, pertencentes ao concelho de Braga e Oliveira de Azeméis, respectivamente. O constructo inteligência social foi avaliado tomando a Prova Cognitiva de Inteligência Social (Candeias, 2007), aferida para jovens portugueses. A análise dos efeitos das variáveis idade e sexo na inteligência social realizou-se a partir dos cálculos da média, desvio-padrão e análise da variância (ANOVA) para os quatro índices da P médias dos resultados obtidos em cada um dos índices, tomando a amostra global, indicam valores médios na inteligência social (notas T entre 48,42 e 52,09) e confirmam a existência de diferenças estatisticamente significativas (p< 0,05) em função da variável sexo, a favor das raparigas, no que se refere ao Índice de Resolução de problemas; e diferenças em função da idade, em favor dos alunos mais velhos, no que se refere ao índice de autoconfiança, em ambos os sexos; e o índice de motivação, no caso dos rapazes. Na sequência destes resultados, levantam-se algumas hipóteses explicativas, que inspirem futuras investigações e analisa-se o contributo deste estudo para o âmbito do questionamento ético dos projectos de vida.
Social intelligence has been linked to academic success, professional and social development (Almeida, 1998; Gardner, 1999; Goleman, 2006; Gricorenko & Stenberg, 2003), seeming to suit the social and cultural changes around education, employment or performance, in broader terms (Candeias, 2008). The young, in adolescence, seek to integrate ideological, social, moral and political criteria in their construction of a life project. This ethical questioning involves thinking about the consequences of choices for others and for humanity, requiring sociocognitive skills (Guichard, 1991). Based on these assumptions, the study presented aims primarily to characterize the social intelligence, as ability to solve social problems (Candeias, 2007), of students in the 8th grade, and to test possible differences in results depending on sex and age. The sample consists of 227 students [110 (51.3%) girls and 117 (48.7%) boys, aged between 12 and 15 years (M = 13, SD = 0.567)], who attended two Public Schools of North and Central Zones of the country, belonging to the municipality of Braga and Oliveira de Azemeis, respectively. The construct of social intelligence was assessed by taking the Test of Cognitive Social Intelligence - PCIS (Candeias, 2007), measured for Portuguese youth. The analysis of the effects of age and sex on social intelligence was held from calculations of mean, standard deviation and analysis of variance (ANOVA) for the four indexes of PCIS. The average results obtained in each of the indexes, taking the total sample, indicate medium values in social intelligence (T scores between 48.42 and 52.09) and confirm the existence of statistically significant differences (p <0.05) as a function of sex, favoring girls, in relation to the Social Problems Resolution Index; and differences by age, favoring older students, in relation to the Self-Confidence index, in both sexes, and to the Motivation Index for boys. Following these results, some hypotheses are raised that can inspire future research and we analyze the contribution of this study to the subject of ethical questioning of life projects.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia Escolar e da Educação)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/13459
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
CIPsi - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Viviana Maria Costa Carvalho.pdfTese761,56 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID