Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/13410

TítuloAs termas romanas do Alto da Cividade : um exemplo de arquitectura pública de Bracara Augusta
Autor(es)Martins, Manuela
Palavras-chaveTermas romanas
Cividade
Bracara Augusta
Data2005
EditoraUniversidade do Minho. Unidade de Arqueologia (UAUM)
Universidade do Minho. Núcleo de Arqueologia (NARQ)
Resumo(s)O desenvolvimento do “Projecto de Salvamento e Estudo de Bracara Augusta”, iniciado em 1976, com a criação do Campo Arqueológico de Braga, sob responsabilidade da Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho, contou, ao longo da sua já longa existência, com diferentes objectivos e estratégias. Tendo vivido até aos inícios dos anos 90 do século passado sob a égide dos salvamentos urbanos, que se multiplicaram devido à inevitável expansão da Braga moderna, só a partir de então foi possível redimensionar os objectivos do referido projecto. Entre eles, merecem destaque a conclusão de escavações em áreas arqueológicas protegidas e estratégicas para o conhecimento da cidade romana, como as termas do Alto da Cividade, ou a insula das Carvalheiras, o tratamento informático da informação, bem como a optimização do conjunto dos dados fornecidos pelas diferentes intervenções arqueológicas, tendo em vista a compreensão da forma urbis, o estudo da arquitectura de Bracara Augusta e dos seus materiais mais relevantes. Os objectivos referidos foram sendo paulatina-mente atingidos mercê de várias estratégias implementadas.
Tipobook
URIhttp://hdl.handle.net/1822/13410
ISBN972-9382-13-1
Arbitragem científicano
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:UAUM - Trabalhos de Investigação

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Bracara Augusta 1.pdf6,12 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis