Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/12549

TítuloRacionalidade e teoria da mente em Alasdair MacIntyre
Autor(es)Curado, J. M.
Palavras-chaveManuel Curado
Alasdair MacIntyre
Teoria da mente
Natureza da racionalidade
Dilemas morais
Fernando Broncano
Enrique Bonete Perales
Max Black
Racionalidade mínima
Limited rationality
Compressed reasoning
Donald Davidson
Moral dilemmas
Data1998
EditoraUniversidade do Minho. Centro de Estudos Humanísticos (CEHUM)
RevistaDiacrítica
Resumo(s)As características do discurso moral contemporâneo só podem ser compreendidas à luz da teoria da racionalidade. Este artigo procura sublinhar na obra de Alasdair MacIntyre (historiador da ética e crítico da sociedade contemporânea) a relação entre os dilemas morais e a racionalidade humana. Os primeiros obrigam a equacionar temas como a natureza do acordo entre teses em conflito, as razões do desacordo frequente e profundo, os modos de argumentação, o processo de decisão, a racionalidade prática, a base antropológica e histórica da razão humana. A racionalidade como dimensão da mente humana tem na obra de MacIntyre muitos aspectos: a relação entre racionalidade prática e racionalidade teórica, a recusa da teoria da verdade por correspondência, a representação cognitiva, as formas de inquérito moral. São criticadas algumas ideias de MacIntyre sobre a racionalidade humana mínima e sobre a teoria da identidade pessoal. Este autor é ambíguo ao traçar a linha de fronteira entre diferentes formas de racionalidade; não é clara a caracterização dos graus mínimos de racionalidade; não é demonstrado que a análise de MacIntyre seja muito diferente da análise dos autores do método genealógico, por exemplo Nietzsche e Foucault. Este artigo baseia-se sobretudo nas três obras principais de MacIntyre: After Virtue, Whose Justice? Which Rationality? e Three Rival Versions of Moral Enquiry. e esta à luz de uma teoria da mente. O que está em causa, por conseguinte, é a natureza da racionalidade: O que significa ser racional? Como conciliar a racionalidade como interesse e a racionalidade como tribunal neutro em que os conflitos se podem resolver? Como depende a noção de racionalidade de uma teoria da mente?
This paper tries to highlight the relation between moral dilemmas and human rationality in the work of Alasdair MacIntyre (historian of ethical thought and critic of contemporary society). Moral dilemmas unfold a vast set of themes such as the nature of the agreement between theses in conflict, the reasons for frequent and deep disagreement, the forms of argumentation, the decision-making process, practical rationality, the anthropological and historical basis of human reason. Rationality, as a dimension of the human mind, has many aspects in MacIntyre’s work: the relation between practical rationality and theorical rationality, the refusal of the correspondence theory of truth, cognitive representation, and the paths of moral enquiry. Some ideas about minimal human rationality and personal identity theory are criticized. This author is ambiguous when he draws the borderline between different forms of rationality; the way in which he describes the minimum requirements of rationality is not clear; the analysis fostered by MacIntyre is not demonstrated to possess a conspicuous difference when compared to the analysis undertaken by the authors behind the genealogical method, for instance Nietzsche and Foucault. This paper draws mainly on the three major works by MacIntyre: After Virtue, Whose Justice? Which Rationality? e Three Rival Versions of Moral Enquiry.
Tipoarticle
DescriçãoSeparata
URIhttp://hdl.handle.net/1822/12549
ISSN0807-8967
Arbitragem científicayes
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:CEH - FC - Artigos (Papers)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Racionalidade_Teoria_Mente_M_Curado.pdfDocumento principal243,35 kBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis