Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/11661

TitleO euro e o crescimento da economia portuguesa : uma análise contrafactual
Author(s)Conraria, Luís Aguiar
Alexandre, Fernando
Pinho, Manuel Joaquim das Neves Correia de
Issue date2010
PublisherUniversidade do Minho. Núcleo de Investigação em Políticas Económicas (NIPE)
Citation“NIPE Working Paper”. 37 (2010) 1-21.
Abstract(s)A adesão ao euro representou uma mudança de regime económico. Esta mudança coincidiu com o início de uma década de fraco crescimento económico e divergência em relação à União Europeia. Para além da intensificação da concorrência dos países emergentes e do Centro e Leste da Europa e das fragilidades estruturais, o comportamento decepcionante da economia portuguesa desde a adesão ao euro tem sido atribuído à adopção de políticas económicas inadequadas. O efeito do novo regime económico no crescimento da economia portuguesa de per si tem permanecido ausente da maioria dos estudos. O objectivo da análise contrafactual desenvolvida neste artigo é quantificar o impacto do euro no crescimento do produto interno bruto português. Os resultados sugerem que o crescimento da economia portuguesa foi adversamente afectado pela adesão de Portugal à União Económica e Monetária. No entanto, o euro parece ter funcionado como porto de abrigo durante a recessão provocada pela crise financeira internacional.
TypeWorking paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/11661
Peer-Reviewedno
AccessOpen access
Appears in Collections:NIPE - Documentos de Trabalho

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NIPE_WP_37_2010.pdf441,69 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID