Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/11224

TitleQuem desenterra as histórias sepultadas no cemitério da memória talvez não as termine e quem as escuta talvez não as consiga escrever… Análise dos aspectos autobiográficos das histórias de vida dos ex-combatentes pela Grounded Theory
Author(s)Sendas, Sandra
Maia, Ângela
Fernandes, Eugénia M.
KeywordsEx-combatentes
Grounded theory
PTSD
Metodologias qualitativas
Issue date2007
PublisherUniversidade do Minho. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS)
CitationMARTINS, Moisés de Lemos ; PINTO, Manuel, org. – “Comunicação e cidadania : actas do Congresso da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação, 5, Braga, Portugal, 2007”. – Braga : Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho, 2008. ISBN 978-989-95500-1-8. p. 1292-1298.
Abstract(s)A participação na guerra colonial, há mais de 30 anos envolveu a vivência, por parte dos seus ex-combatentes de vários tipos de experiências, algumas das quais bastante difíceis. O nosso estudo pretende explorar e compreender a natureza e diversidade dos significados construídos pelos ex-combatentes para as suas experiências de participação na guerra colonial portuguesa. Para a prossecução dos objectivos deste trabalho utilizámos uma metodologia qualitativa, especificamente, a Grounded Theory (Strauss & Corbin, 1990). Os procedimentos que seguimos são: (1) elaboração cuidada do guião orientador das entrevistas; (2) realização das entrevistas; (3) transcrição das entrevistas e (4) análise das entrevistas mediante duas modalidades (a) baseada na codificação dos registos transcritos e (b) baseada na reflexão dos processos relacionais/comunicacionais nos quais investigador e sujeito se envolveram. Estes aspectos das análises têm ilustrado os 2D das metodologias qualitativas: as dificuldades e os desafios ou seja, temo-nos deparado com um processo muito complexo, nomeadamente no tempo dispendido, no esforço de raciocínio e exigência de auto-orientação. O seu produto final, ainda não acabado, é um enorme e variado manancial de “matéria prima” que, por um lado, nos permite múltiplas construções teóricas mas que, por outro, nos obriga a um exercício de constante focalização cognitiva e reflexão sobre o rigor com que vamos aplicando os princípios da Grounded Theory. A análise dos processos relacionais/comunicacionais sugeriu-nos que as entrevistas poderiam ter provocado nos sujeitos expressões psicológicas diversas. Em consequência, está de momento, a decorrer um segundo estudo sobre o eventual impacto das mesmas.
TypeConference paper
DescriptionComunicação e Cidadania - Actas do 5º Congresso da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação
URIhttp://hdl.handle.net/1822/11224
ISBN978-989-95500-1-8
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIPsi - Comunicações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
quem desenterra as memórias ... ex-combatentes.pdfartigo memórias ex-combatentes203,56 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID