Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/10795

TitleA introdução da nanotecnologia no currículo formal utilizando metodologias do ensino informal
Author(s)Ribeiro, Catarina Isabel Monteiro
Advisor(s)Costa, Manuel F. M.
Lanceros-Méndez, S.
KeywordsNanociência
Nanotecnologia
Ensino das Ciências
Ensino Informal
Nanoscience
Nanotechnology
Science Education
Informal Learning
Issue date17-Dec-2009
Abstract(s)A nanotecnologia é uma área emergente que, de modo subtil, vai conquistando o nosso quotidiano. Os novos produtos que vão surgindo trazem consigo uma maior complexidade e também uma melhoria da qualidade de vida. Por ser tão recente e por trazer tanta mudança, esta nova tecnologia pode causar desconfiança na população em geral, principalmente devido ao desconhecimento do tema. Além disso, vão ser necessários técnicos especializados para dar resposta às novas exigências. O sistema de ensino tem como função formar mão-de-obra especializada; no entanto, o seu principal objectivo é o de desenvolver nos alunos as competências necessárias para tomarem decisões de modo consciente, quando tal for necessário. Assim sendo, a escola é o meio ideal para dar a conhecer a nanotecnologia à população, ponderando vantagens e desvantagens. Propõe-se, então, adaptar o Currículo Formal da disciplina de Ciências Físico- Químicas, introduzindo este tema recente de uma forma simples. Nesta dissertação é apresentado um conjunto de estratégias para introduzir a nanotecnologia no currículo formal dessa disciplina. Avaliados os resultados da sua aplicação em duas turmas do 9.º ano de escolaridade, numa escola do Alentejo Litoral, este método constitui uma base de apoio ao desenvolvimento de projectos semelhantes e mesmo mais abrangentes.
Nanotechnology is an emergent technology that, gradually and in a subtle way, has been conquering people’s every-day life. The new products that are appearing bring with them not only a bigger complexity but also an improvement of the quality of life. This new technology can cause suspicion in the population because it is so recent and because it brings along so many changes. Besides it will be necessary to have specialized technicians to answer to the new demands. The function of the educational system is to form specialized hand working; however, the principal objective is to develop in the pupils the necessary skills to take conscious decisions, when it is necessary. The school is the ideal place to introduce nanotechnology to the population in a critical way, considering advantages and disadvantages. Here, we are proposing to adapt the National Curriculum of Physics and Chemistry by introducing, in the simple form, this new subject. So, a set of methodologies / strategies can be observed to teach the subject in this dissertation, introducing them in the heart of the National Curriculum of this discipline. The methodology was applied in two groups of the 9th grade, at one school at Coastal Alentejo, and the results were evaluated. This method constitutes a base of support to a similar project but more in-depth.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Física (área de formação Contínua de Professores)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/10795
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CDF - ENSINO - Dissertações de Mestrado/Master Thesis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese de Mestrado.pdf
  Restricted access
1,93 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID