Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/10784

TitleAvaliação da exposição dos trabalhadores ao ruído : (análise de casos)
Author(s)Pereira, Anabela Sofia de Almeida Barbosa
Advisor(s)Lanceros-Méndez, S.
Issue date17-Dec-2009
Abstract(s)A exposição ao ruído no local de trabalho é causa directa da segunda mais importante doença profissional no nosso país - a surdez - originando ainda, frequentemente, outras perturbações fisiológicas e psicológicas. Tais perturbações podem conduzir a estados de fadiga física e psíquica que, para além de custos sociais evidentes, se acabam por traduzir também em custos económicos para as empresas, devido a perdas de produtividade e de qualidade do trabalho, desmotivação e absentismo. O reconhecimento destes problemas levou à elaboração de legislação com vista à protecção dos trabalhadores, é assim objectivo deste trabalho abordar a temática do ruído no local de trabalho com base na legislação em vigor, em Portugal, sobre este assunto. Foi assim, desenvolvido um estudo sobre a legislação em vigor em Portugal e foi avaliado o impacto do ruído nos locais de trabalho, através da realização de estudos práticos – avaliação da exposição dos trabalhadores ao ruído, em distintas empresas do sector do têxtil e vestuário, onde existem processos de trabalho com níveis sonoros elevados. Em todos os locais de trabalho há ruídos, estes podem atingir ou não níveis de intensidade perigosos para a saúde e para a segurança dos trabalhadores. Assim, foram avaliadas 7 empresas do ramo do têxtil e vestuário, através da medição dos níveis de exposição dos trabalhadores ao ruído nos seus locais de trabalho, LEx8h, resultantes dos níveis de ruído efectuados pelas máquinas/equipamentos de trabalho. Nas empresas avaliadas verificou-se que existe exposição ao ruído com valores superiores aos valores de acção conforme o artigo 3.º do Decreto-Lei n.º 182/2006. Todas as empresas fornecem aos seus trabalhadores como medida de protecção individual, protectores auriculares, cumprindo o artigo 7.º, ponto 2, alínea a). Neste sentido é importante indicar que os trabalhadores deverão reconhecer a importância da sua utilização e as entidades patronais ter sensibilidade para fornecerem informação e formação adequada aos seus trabalhadores para os riscos potenciais para a segurança e a saúde derivados da exposição ao ruído durante o trabalho, de acordo com o estabelecido no artigo 9.º do Decreto-Lei n.º 182/2006.
The exposure to noise at the workplace is the direct cause of the second most important occupational disease in our country - hearing loss - resulting often in other physiological and psychological disturbances. Such disturbances can lead to states of physical and mental fatigue, in addition to the obvious social costs, eventually translated into economic costs for businesses due to the lost of productivity and work quality, motivation and absenteeism. The recognition of these problems led to the drafting of legislation to protect workers. The purpose of this study is to address the issue of noise at the workplace based on the law in force in Portugal, on this subject. Thus, a study was developed on the laws in force in Portugal and on the impact of noise in the workplace through practical studies - assessing the exposure of workers to noise in different companies, especially in the textile and clothing industries - where there are work processes with high noise levels. In all workplaces there is noise that can or cannot reach intensity levels dangerous to the health and the safety of workers. Therefore, there were evaluated seven companies in the textile and clothing industry by the measurement of worker exposure to noise in their workplaces, resulting from the noise made by machinery/equipment work. In the companies surveyed, it was found that there is exposure to noise with values larger than those under the Article 3º of the Portuguese Decree-Law Nº. 182/2006. All companies provide their employees hearing protection, in compliance with the Article 7º, Point 2, point a). In this sense, it is important to state that workers should recognize the importance of its use and employers should be more sensitive to provide information and training to their employees for potential risk to safety and health, arising from exposure to noise at the workplace, according with the provisions of Article 9º of the Decree-Law N.º 182/2006.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Ciências do Ambiente
URIhttp://hdl.handle.net/1822/10784
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CDF - FCD - Dissertações de Mestrado/Master Thesis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese.pdf1,5 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID