Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/10414

TítuloNotas sobre diversificação/diferenciação curricular em Portugal
Outro(s) título(s)Notes on curricular diversification/differentiation in Portugal
Autor(es)Pacheco, José Augusto
Palavras-chaveCurrículo
Diferenciação curricular
Diferença
Curriculum
Curricular differentiation
Difference
DataDez-2008
EditoraUniversidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
Citação“Intermeio : Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação”. ISSN 1413-0693. 14:28 (Jul./Dez. 2008) 178-187.
Resumo(s)O presente artigo revisita a discussão sobre currículo comum e culturas diferenciadas enfrentada por diferentes estudiosos do currículo. Para tanto, apresenta o conceito de diversificação/diferenciação curricular, a partir da premissa de escola para todos. Como foco de análise evidencia-se as políticas curriculares do contexto educacional português. A diferenciação curricular é um conceito que apresenta, essencialmente, mudanças na metodologia e na avaliação, pressupondo que os alunos têm um mesmo percurso nas suas opções, mas que uns precisam seguir caminhos diferentes para que todos possam atingir o sucesso educativo. Na prática, o que discute-se é que o processo de desenvolvimento do currículo envolve e obdece a uma lógica centralizada, que nem sempre valoriza os diversos contextos de aprendizagem. Daí que o conceito de autonomia curricular possa vir a tornar-se numa prática residual, com pouco impacto nas actividades de recontextualização do currículo por parte do professor. A questão que se coloca não é a de saber se os professores dispõem de autonomia ou se é uma prática ao seu alcance, mas de a questionar perante as condições escolares pensadas para uma escola comum e nacional.
The present article revisits a discussion on common curriculum and differentiated cultures faced by different researchers on curriculum. To this end, the concept of curriculum diversification/differentiation is presented starting from the premise of universal schooling. The focus of analysis is on the curricular policies within the context of Portuguese education. Curricular Differentiation is a concept that essentially represents changes in the methodology and in evaluation, presupposing that the students one and the same course in terms of their options, but some need to follow different roads in order that everyone can attain success in education. In practice, what is discussed is that the process of curricular development involves and obeys a centralized logic that does not always valorize the diverse contexts of learning. Hence the concept of curricular autonomy can become a residual practise, with little impact on the activities of recontextualilation of the curriculum on the part of the teacher. The question posed is not that of knowing if the teachers dispose of autonomy or if it is a practice within their reach, but that of interrogation faced with the schooling conditions throughout for common and national schooling.
Tipoarticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/10414
ISSN1413-0693
Arbitragem científicayes
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:CIEd - Artigos em revistas científicas internacionais com arbitragem

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Notas sobre diversificação.pdf42,76 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis